Apostando na torcida do Flamengo e Corinthians, “Shark Energy Drink” é nova aposta de bebidas energéticas

0

Sucesso no sul e sudeste do país, a bebida energética “Shark Energy Drink” chega no segundo semestre no nordeste, sul e sudeste do país. Segundo o Mac Trade, Gilmar Santana, ainda este ano, mais de U$2 milhões de dólares serão investidos para implantação do novo energético no país. Sem medo da concorrência, a estratégia adotada pela Skark é de atingir o esporte, turismo e lazer.

“Temos uma visão mais estratégica de negócios, por exemplo, a partir do segundo semestre de 2021, teremos parceria com torcidas de grandes times do país, como a ‘Raça’ do Flamengo, e logo mais com a Gaviões da Fiel. Nosso objetivo é oferecer a exclusividade do nosso produto e oferecer mais visibilidade para as torcidas que movimentam o esporte”, comentou Gilmar.

A marca foi trazida ao Brasil em 2007 pelo empresário Mauro Luiz Stumpf, morto em 2016 no acidente com o avião da Chapecoense. O energético começou a ser distribuído na região de Chapecó (SC) e hoje é distribuído às redes hoteleiras pela matriz e pelas filiais de São Paulo e Rio de Janeiro.

“Nos próximos meses, serão mais 10 contêineres do nosso produto chegando ao Brasil, principalmente para movimentar o turismo, e assim que toda a população estiver vacinada e podendo viver livre da pandemia, nosso produto estará presente no maior evento do Brasil, que é o carnaval, em parceria com escolas de samba”, contou Gilmar.

A bebida é o primeiro energético carbonatado criado no mundo, com cafeína 100% natural, sem glúten, sem conservantes, sem sódio e sem adição de açúcar. “Estão chegando mais sabores para movimentar o mercado e o objetivo é que todo esse lançamento esteja concretizado em seis meses”, contou o Mac Trade.

A base de distribuição no nordeste será em Caruaru, em Pernambuco. Logo mais serão distribuídos para Sergipe, Alagoas, Ceará, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo. “Nosso projeto, ainda em 2021, é expandir a marca para o Paraguai. Temos nosso contato de negócios no país e já estamos com quase todos os contratos fechados”, encerra.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.