Saiba como se comportar corretamente para uma entrevista de emprego

A corrida pela tão sonhada vaga de emprego é árdua e requisitos como currículo impecável, manter a calma durante a entrevista e clareza ao falar são importantes. Além disso, a vestimenta é um item superimportante e determinante para a “primeira impressão” que contribui para a construção de uma imagem positiva em relação ao entrevistador. Por isso, a consultora de imagem e estilo Bruna Coutinho mostra algumas dicas sobre como se comportar e vestir na hora da entrevista.

Segundo Bruna, é importante que antes de tudo o candidato faça uma pequena pesquisa sobre a empresa para saber se trata de uma companhia mais descolada ou formal. No site da empresa é possível ver o “dress code” ou código de vestimenta que serve para orientar os funcionários.

Mulheres

Vestido tubinho, terninho ou tailler são alternativas coringas para as mulheres. Além disso, comprimento midi para não aparecer as coxas; a maquiagem é um diferencial, escolha cores claras, neutras, de até 2 tons acima da sua pele (blush e batom). Evite batom chamativo como vermelho; mantenha o cabelo hidratado e bem arrumado; esqueça brincos chamativos e opte por acessórios clean e por fim, opte por sapatos com pelo menos um saltinho já que o bico fino aumenta a elegância são as melhores opções.

Homens

Para não errar é recomendado que no momento da entrevista optem por camisa de botão com a manga dobrada ou blusa polo (o mais formal); dobre a barra da calça; barba e cabelos feitos e para cargos elevados de gerência e diretoria, vale investir em um costume (calça e paletó do mesmo tecido), a cor azul-marinho para essas peças passa uma informação melhor do que preto ou marrom.

Para os dois gêneros é recomendável o uso de blazer/casaco caso a sala esteja fria pois ninguém quer se distrair com isso nesse momento; evitar uso de cores chamativas como laranja, amarelo e vermelho; optar por cores claras, neutras, sóbrias ou tom pastel que também é válido; usar perfume na medida certa; não fique de óculos escuros na entrevista, nem na cabeça, guarde e mantenha as unhas limpas e cortadas. É importante salientar que quanto mais tradicional a empresa for mais bem vestido deve ir. É sempre melhor estar entre os mais bem vestidos do que entre os menos.

Utilize as redes sociais da melhor forma

Mesmo que você já esteja empregado é importante manter uma boa imagem diante do Instagram, Facebook e etc para as empresas. A preservação da imagem é importante em ambos os lados.

As mulheres devem evitar postagem de fotos de biquíni na praia pois aparenta a necessidade de likes e curtidas. As exceções são para quem é modelo. Já os homens devem evitar fotos com bebidas pois mesmo que não beba diariamente, mas sempre que beba faça alguma publicação pode gerar uma má interpretação da imagem. Por isso, utilize as redes sociais para mostrar a sua melhor imagem para o mercado. Por exemplo, fotos com família mostram que você é uma pessoa ligada a ela e fotos na natureza podem transmitir a imagem de que se trata de uma pessoa que aprecia e tem apego ao meio ambiente.

Atitudes que podem fazer grande diferença

·         Seja qual for o cargo esteja no LinkedIn.

·         Leve um currículo extra impresso. O aplicativo Canva tem ótimos e modernos modelos para preencher.

·         Leve balinha de hortelã para antes de entrar na sala, evite chiclete.

·         Se puder escolher o horário da entrevista, seja um dos primeiros. Você vai virar comparativo se for bem.

·         Chegue 15 min antes da entrevista.

·         Sempre cumprimente com um aperto de mão firme e um sorriso.

·         Evite ficar balançando a perna, futucando as unhas ou a pele. Foque no bate papo com o entrevistador mantendo a respiração calma e profunda. Isso te ajudará a relaxar e focar no momento presente.

·         Além das experiências escritas mostre seus diferenciais, fale como suas qualidades podem colaborar com a equipe ou com a empresa. Destaque seu potencial com algo que fará o entrevistador lembrar de você.

·         Agradeça o tempo do profissional no final da entrevista.

Foto: Arquivo Pessoal