Flávia Albaine, criadora do “Juntos pela Inclusão Social”, é destaque em programa da RIT TV

Idealizadora do “Juntos pela Inclusão Social” fala sobre direitos, deveres e o papel da sociedade no programa Análise Direta, da Rede Internacional de Televisão

Texto: Priscilla Silvestre/Assessoria de Imprensa

A Defensora Pública atuante em Rondônia, Flávia Albaine, foi uma das entrevistadas de junho do programa “Análise Direta”, da RIT TV.

Juntamente ao apresentador Renato Diniz, a também criadora do projeto “Juntos pela Inclusão Social” falou sobre diversos temas.

Flávia Albaine atua em prol dos vulneráveis

Então, durante os 45 minutos de duração, a profissional esclareceu diversos tópicos, principalmente os que têm como base em sua “luta”.

“Direitos e deveres fazem parte da sociedade e cabe a todos saber disso”, ponderou.

A defensora explicou que uma escola, seja pública ou privada, é obrigada a aceitar um aluno deficiente.

“Muitos não têm conhecimento sobre isso, mas todas as instituições de ensino devem matricular o estudante e dar a ele o suporte necessário”.

Claro que a teoria não é igual à prática e ela sabe muito bem disso.

“Temos grandes avanços, principalmente com a criação do Estatuto, entretanto, há muito caminho a ser percorrido”, opinou.

Inclusão social: todos podem colaborar

Flávia disse que muitas vezes o preconceito está tão enraizado, que a vítima acaba achando a situação normal.

“Por exemplo, uma mulher pode sofrer assédio sexual ou moral no ambiente profissional e se sentir acuada, pois os próprios colegas vão rir da situação e ela irá achar que a retaliação pode ser pior. Não, isso não pode acontecer”, contestou.

Por isso, a carioca resolveu aos 10 anos de idade estudar para poder lutar em prol dos vulneráveis.

“Meu pai se tornou cadeirante quando eu era criança e com ele vivenciei preconceitos e a situação precária do nosso País”.

“Todos podem colaborar com a inclusão social”

Em suma: seu caminho já estava traçado para dar voz àqueles que muitas vezes nem sabem que a possui.

“Ou seja, a inclusão social não pode ser apenas uma ideologia bonita. Todo mundo pode ajudar a fazer o País melhor nesse sentido!”.

Confira o programa com a participação da Flávia Albaine