“Eu beijaria um homem no meu próximo clipe” diz ex cantor sertanejo

Depois de assumir publicamente bissexualidade, ex-cantor sertanejo Brunno Hernandez apoia a liberdade
Depois do sucesso do clipe de sua música “Censura”, que ultrapassou 600 mil views no youtube e contou com a participação da youtuber trans Thiessa  Woinbackk, Brunno Hernandez, atualmente em carreira solo, prepara nova música e não descarta a possibilidade de beijar um homem em seu novo clipe.
“Não quero fazer alarde sobre isso. Beijo para mim, sempre foi uma forma de demonstrar carinho pelo outro. Com isso, eu nunca vi problema em beijar mulher ou homem, inclusive, essa é uma das grandes possibilidades para o próximo lançamento! Acho que é válido toda a forma de amor, como diria Lulu Santos, e isso faz com que continuemos a romper preconceitos e paradigmas que hoje em dia não devem ser mais aceitos.”, declara o cantor.
“Pisa mais” é o nome da nova música, que promete ser um pop agitado e dançante e contará com a participação de Kaya Conky, que se tornou nacionalmente conhecida com a música “Eaí bebê”, ultrapassando 5 milhões de views no youtube e caindo no gosto popular. O cantor fechou ainda uma parceria com as meninas do “Armário de saia”, dupla de Drag’s que vem fazendo sucesso no YouTube com apresentações de covers e medleys de músicas de sucesso. A dupla participará da música “Inferno astral”, com ritmo mais voltado para uma “balada eletro-romântica”.
Formado em artes cênicas, Brunno Hernandez chegou a dirigir o premiado musical sobre a vida de Chorão (Charlie Brown Jr).
Fotos: Reprodução/Internet